Seminário Preparatório para a Bienal Afro-Brasileira do Livro

Dias 13 e 14 de dezembro, o auditório da Editora Unesp, em São Paulo, SP, recebeu o Seminário Preparatório para a Bienal Afro-Brasileira do Livro, evento que teve como objetivo alavancar a leitura de escritores que em seus textos retratam o imaginário, a história e a universalidade de elementos da cultura brasileira.

O tema dos debates foi “Educação para a Diversidade”. A Bienal busca promover a consciência sobre a diversidade étnica e o reconhecimento da contribuição dos povos africanos na formação da identidade nacional, conforme as políticas públicas que visam o combate à discriminação racial, à igualdade de oportunidades e às reparações, como contempla a Lei 10.639/2003. Com apoio da Secretaria Estadual da Cultura, o projeto fortalece a cidadania contemplando várias heranças culturais, chamando a atenção para questões sociais atuais e para defender a preservação das nossas expressões artísticas nas mais diferentes linguagens e formas de manifestação.

A programação teve palestras, rodas de conversa e apresentações musicais que desenvolveram e aprofundaram assuntos étnico-raciais do cotidiano e das manifestações artísticas populares, com foco na necessidade de estimular e fomentar o processo literário e a formação de novos talentos.

Na abertura, o percussionista Dinho Nascimento, acompanhado da esposa Maria Cecilia e do filho Gabriel Nascimento, tocou o Hino Nacional brasileiro em arranjo para berimbau e percussão. No dia seguinte, o casal realizou uma breve apresentação e participou de uma roda de conversa.

_____________

FOTO: Amanda Fernandes

 

 

Deixe uma resposta

*