Intensos 23 anos!

Nesta edição da revista unespciência, que enfoca conflitos na África, não podíamos deixar de homenagear um ser humano ímpar. Imagine uma pessoa que visitou 46 países, fez doações para hospitais, ajudou tribos africanas, fotografou, fez colagens, desenhou camisetas e organizou festas, safaris e expedições humanitárias. Tudo isso vivendo apenas 23 anos (1970-1993)! Sim, esse ser humano existiu. Seu nome foi Dan Eldon, e parte de sua vida é contada no filme The Journey Is the Destination (2016), dirigido por Bronwen Hughes.

Em termos de história da arte, os ‘Diários Gráficos’ de Eldon são marcantes. Ele concebeu uma maneira muito pessoal e original de mesclar seu trabalho como fotojornalista e correspondente de guerra com as fotos pessoais e o seu profundo conhecimento da arte e da história africana.

O filme busca levar para a cinematografia essa mescla de linguagem e o consegue nos melhores momentos. Dan produziu 17 cadernos e, neles, consegue um resultado que impressiona e continua atual, principalmente pela integração entre a imagem e a palavra, um desafio que permanece nas artes visuais contemporâneas.

Assassinado brutalmente na Somália, em meio a um conflito que fotografava, Dan Eldon encontrou nos seus diários uma maneira expressiva de dar tom pessoal às guerras que presenciou e, vice-versa, ou seja, universalizando as memórias da família e da mulher queniana que amou. Tudo isso com arte de uma qualidade surpreendente!

Que esse espírito aventureiro, empreendedor e voltado para causas sociais acompanhe vocês na leitura desta edição da revista unespciência!

_____________

 

 

Deixe uma resposta

*