Conhecimentos específicos e pedagógicos sobre insetos

Ações focam professores da Educação Infantil e Ensino Fundamental

Centro de Insetos Sociais (CEIS) e os departamentos de Educação, Biologia, Bioquímica e Zoologia do Instituto de Biociências da Unesp, Câmpus de Rio Claro, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Santa Bárbara d’Oeste – SP, desenvolveram e ministraram um curso de formação para professores da Educação Infantil e do Ensino Fundamental dos anos iniciais do município para contribuir com conhecimentos específicos e pedagógicos baseados no estudo teórico conceitual e metodológico sobre insetos intitulado Conhecimentos específicos e pedagógicos sobre Insetos: ações docentes interdisciplinares.

O curso potencializou e aproximou departamentos e seus referidos docentes e discentes, que tiveram que adotar um pensamento e uma prática interdisciplinar na medida em que necessitavam compreender e apreender o constructo epistemológico e pedagógico das diferentes áreas de conhecimento.

Essa aprendizagem foi ímpar. Não só os professores da rede municipal de ensino de Santa Bárbara d’Oeste aprenderam, mas os próprios professores universitários, também, passaram por processos de formação dos seus próprios fazeres e saberes docentes.

Os professores da Unesp envolvidos (CEIS e diferentes departamentos) elaboraram os encontros tendo como preocupação fundamental contribuir com a formação continuada dos professores e profissionais frente à temática do curso. Os professores que realizaram o curso, que atuam com crianças de 3 a 11 anos, não tinham tido, durante toda a sua formação inicial, contato direto com professores especialistas, que trataram dos temas abordados nos encontros. Esse aspecto foi um grande diferencial na proposta formativa, pois os professores que atuam na educação infantil e anos iniciais são, também, os grandes responsáveis pela alfabetização científica das crianças, devendo possuir uma base teórico-conceitual e metodológica primorosa e interdisciplinar.

É por esse motivo que o curso foi elaborado tendo como foco as aprendizagens científicas imersas num cenário interdisciplinar de apreensão e aplicação de conhecimentos.

O material didático produzido foi composto de apresentações presenciais dos temas, disponibilizadas aos alunos na forma de arquivos digitais, além da produção de sete cadernos com histórias em quadrinhos sobre os temas do curso.

Mediante as avaliações dos participantes, foi possível perceber que as aprendizagens foram muito significativas tanto nos conhecimentos específicos apreendidos como, também, nos conhecimentos pedagógicos interdisciplinares elaborados nos projetos de intervenção junto às escolas.

Outro ponto relevante do curso foi a apresentação dos trabalhos produzidos pelos professores numa mesa-redonda sobre extensão universitária no I Congresso Brasileiro de Pedagogia Universitária, com destaque às produções realizadas nas diferentes escolas e à construção dos eixos interdisciplinares que deverão estar contidos nos Projetos Político-pedagógicos das diferentes escolas do município de Santa Bárbara.

Nessa mesa-redonda, o Prof. Dr. Mario Palma, docente do curso e criador da ideia das histórias em quadrinhos, explicitou a articulação necessária entre a universidade e a sociedade e o papel formativo que a extensão universitária possui no contexto atual. Ele reforçou a importância do trabalho educativo dos professores da educação infantil e anos iniciais no desenvolvimento da alfabetização científica.

Os professores representantes deste grupo, na mesa-redonda, novamente destacaram e valorizaram imensamente a parceria com a Unesp e os inúmeros ganhos científicos e pedagógicos que este curso possibilitou.

_____________

Profa. Dra. Maria Antonia Ramos de Azevedo, Instituto de Biociências da Unesp em Rio Claro.

Informações: vdirib@rc.unesp.br

_____________

Deixe uma resposta

*