Contra a cegueira botânica

Foto ◘ Matheus Ganiko

Matheus Ganiko transformou o hobby pela fotografia primeiro em profissão, e agora em ferramenta de estudo, ao fazer o levantamento e registro fotográfico dos fungos encontrados no Jardim Botânico de Bauru para seu trabalho de conclusão do curso de Bacharelado em Biologia.

Com seu trabalho na fotografia, o estudante também chama a atenção para a falta de percepção em relação ao mundo vegetal à nossa volta, que na literatura científica é chamada de “cegueira botânica”. Em suas publicações no Instagram, Matheus gosta de chamar atenção para estruturas especificas das espécies a fim de lembrar que as plantas não são todas iguais. “Quando olhamos uma paisagem, cada planta ali tem belezas diferentes e aplicações diferentes. É isso que eu tento mostrar”.

Nesta imagem Matheus registrou inflorescências de Mussaenda sp. no jardim didático do Departamento de Ciências Biológicas do campus da Unesp em Bauru.

_____________

 

Deixe uma resposta

*